MENU

Mensagens anteriores

Mensagens do mês

01.11 » 02.11 » 03.11 »
04.11 » 05.11 » 06.11 »
07.11 » 08.11 » 09.11 »
10.11 » 11.11 » 12.11 »
13.11 » 14.11 » 15.11 »
16.11 » 17.11 »

Mensagens diárias do Monsenhor André Sampaio

A saudade é um sentimento que toca fundo o coração é o único sentimento que desperta em nós a vontade de parar, refletir e suspirar. Traz para dentro do nosso coração lembranças doce de momentos vividos. Existe a saudade que podemos curar, mas a saudade daqueles que partiram jamais cala nosso coração. Tem dias que a vontade é de apenas ouvir a voz, sim aquela voz que sempre nos chamava atenção, aquela voz que por várias vezes nos deu palavras de conforto e carinho. Ah! Saudade que nunca termina, passa o tempo, passam os dias, os meses e os anos e lá está aquele amor intenso, aquela vontade de estar perto novamente, de abraçar, de apertar e dizer o quanto ama e o quanto daria tudo para ter só mais um instante. Assim é a saudade uma lembrança carinhosa, uma vontade de apenas falar ou mesmo apenas de contemplar essa pessoa novamente. Por isso dar tudo de nós aqueles que amamos enquanto estão entre nós é tão importante, porque carregaremos conosco o dever cumprido, porque amamos verdadeiramente e intensamente. A saudade sempre vai estar conosco, mas o que vale é a certeza de que Jesus nunca desempara um irmão e essa certeza nos ampara e nos sustenta para continuarmos a nossa caminhada, dando sempre a coragem e a força para aqueles que não estão mais entre nós, mas que precisam e muito que estejamos bem para seguirem o seu caminho com tranquilidade e equilíbrio. Por mais que tenhamos saudade, nunca vamos deixar que esta saudade escravize os nossos pensamentos, mas tenhamos a certeza de que tudo transcorre conforme a vontade de Deus. A morte não existe pois a alma não morre! Disse-lhe Jesus: "Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá. E todo aquele que vive, e crê em mim, nunca morrerá." (Jo 11,25-26).

© 2010-2019 Confraria do Apóstolo Santiago do Rio de Janeiro. Todos os direitos reservados. Site desenvolvido por: